muziic1

Partindo do conceito de que o usuário pode simplesmente querer ouvir uma música sem necessariamente assistir o video, o adolescente David Nelson (15 anos) percebeu uma oportunidade e criou o Muziic, um media player powered by You Tube. David (CTO) e seu pai Mark Nelson (CEO), desenvolveram a plataforma usando a API do You Tube. Segundo eles, trata-se do You Tube for Music. Afinal, o portal de vídeos acabou virando a maior referência como fonte de músicas na web.

Particularmente acho o site bem poluído, mas a idéia de alimentar um player com o gigantesco repertório musical do You Tube é muito boa! Interface amigável e você pode ainda expandir o vídeo dentro do player caso também queira assistir. Caso contrário, é só deixar a música rolar e se divertir em outros cantos da web. O site traz ainda diversos recursos como por exemplo a funcionalidade de pause e/ou play com um simples toque na barra de espaço do teclado.

Agora tá rolando um certo imbróglio porque o You Tube quer que o vídeo player, que hoje aparece do tamanho de um selo, seja maior. Segundo declarações do garoto David este assunto já foi contornado com o You Tube, que procurado pela imprensa não se pronunciou. A seguir cenas dos próximos capítulos…inclusive com as gravadoras, que não devem deixar isso barato.

Eu gostei muito do player e já virei usuário! E você? O que está esperando pra conhecer?

Depois deixe aqui seu comentário dizendo o que achou do Muziic.

_45550021_beyonce

Diante do impasse para chegar a um novo acordo de licenciamento com o Performing Right Society (PRS), organização que representa as editoras de música, o You Tube decidiu cortar todos os vídeos de música premium para os usuários do Reino Unido. Leia aqui a matéria completa da BBC.

slittles

 Poucas empresas tem sido tão ousadas como a Skittles, que vem substituindo sua Home Page por páginas em redes sociais A única coisa que ficou foi uma navegação através de uma espécie de widget. Ao digitar seu endereço oficial, ao invés de apontar para o site da marca, te leva para as páginas da Skittle em várias redes sociais como Wikipédia, You Tube, Flickr… Já esteve redirecionando para o Twitter, e agora em cartaz no Facebook. Um passeio social!